hotel em poços de caldas,hotéis em poços de caldas minas gerais,hotel fazenda em poços de caldas,
THERMAS ANTONIO CARLOS EM POÇOS DE CALDAS - Eu Curto Poços de Caldas
 
 
Clicks: 6046
Compartilhar
NAVEGUE EM 3D POR ESTE LOCAL: THERMAS ANTONIO CARLOS EM POÇOS DE CALDAS
 

Thermas Antonio Carlos

Thermas Antonio Carlos surgiu de uma escavação, no antigo bebedouro de animais selvagens, em meio ao lodo e pedras soltas. Quando o solo estava sendo cavado, foi achada uma verdadeira cinta da rocha a uma profundidade de um metro, que circundava cada uma das fontes, separando-as em três bacias distintas.

Naquela época os banhos eram feitos nos poços ou tanques, em tinas de madeira, ao lado das fontes Pedro Botelho e Mariquinhas, expostas ao ar livre. Entretanto havia ao redor ranchos de palha abrigando cochos ou gamelas de madeira, de forma circular, que serviam de banheiras. Em 1882 constituiu-se a sociedade anônima denominada Empresa Balneária dos Poços de Caldas.

Os concessionários deram início às suas atividades demolindo os ranchos de sapé e iniciando o processo de captação das águas. A obra foi executada pelo mestre Antonio Alves da Silva. Pedreiro de profissão, mestre Antônio foi chefe de obras nas Caldas de Vizela, em Portugual. Assistiu e tomou parte na captação daquelas águas minerais feitas por um engenheiro português. Quatro anos depois, 1886, foi inaugurado o Balneário Pedro Botelho.

Com o correr do tempo o Balneário Pedro Botelho foi ficando velho e obsoleto e em 1911 a Companhia Melhoramentos iniciou a construção de uma nova casa de banhos, aberta em 1918 quando foi inaugurado projetada pelo arquiteto José Piffer. Este estabelecimento denominado Thermas estava localizado no jardim lateral do Palace Hotel, em frente ao ribeirão de Caldas que posteriormente foi incorporado ao Palace Hotel.

Na década de 30, com o incentivo do então governador de Minas Antônio Carlos foi dado inicio a construção do novo prédio que foi inaugurado em 1931, sendo o primeiro estabelecimento crenoterapêutico brasileiro. O edifício, em estilo neoclássico,apresenta grandioso hall de entrada com imponente mezanino, coberto por um vitral fabricado em São Paulo por Conrado Sorgenicht Filho, para onde convergem as escadas e os elevadores que dão acesso ao seus três andares.

No primeiro andar, as Thermas Antônio Carlos possui 134 banheiras de porcelana refratária inglesa para banhos sulfurosos, consultórios, sala para remoção de cerume e uma instalação de tanque de marcha. O instituto de mecanoterapia possui 33 aparelhos de fabricação alemã, utilizados no tratamento fisioterápico. O banho pérola, a hidromassagem por turbilhão, as duchas escocesa e circular, as saunas seca e a vapor, o forno de bier e a inalação, pulverização e limpeza de pele merecem destaque especial, entre os serviços oferecidos. As Thermas possuem ainda, uma biblioteca, um museu e um auditório. O salão no primeiro andar também é utilizado como palco para exposições de arte.

As águas sulfurosas brotam a 45 graus, mas quando chegam nas banheiras a temperatura é mais amena: 36 graus. As águas deste balneário são apropriadas para o tratamento de diversos problemas como o reumatismo crônico (artrites, artroses e fibroses); varizes; doenças crônicas da pele; intoxicação por alimentos em geral; bronquites crônicas, etc.Mesmo quem não tem problemas de saúde, os banhos são aconselhados pelo lazer e relaxamento que as águas proporcionam. O prédio foi tombado pelo Patrimônio Histórico Artístico e Cultural, em 1985.


 
 OUTROS DESTAQUES VALE A PENA CONFERIR! - EU CURTO EU AMO POÇOS DE CALDAS